Sobre o D&D 5ª edição no Brasil

Oi, eu sou o Neme e eu tenho uma história pra contar. É uma história bem merda, especialmente pra mim, mas ainda assim é uma história que merece ser contada, e mais: vou contá-la de trás pra frente, tipo que nem no filme Irreversível. No mais, vou lembrar pra sempre desses dias loucos entre o … Continue lendo Sobre o D&D 5ª edição no Brasil

Bloodborne: desafios pós-platina

Bloodborne está entre os três melhores jogos que joguei na vida (junto com Super Mario Bros. 3 e Mario Kart do Wii - sim, eu sei), e vivo revisitando a noite da caçada em Yharnam, mesmo depois de ter platinado o jogo com 100%. Daí decidi criar esses desafios e troféus novos, aproveitando o aspecto … Continue lendo Bloodborne: desafios pós-platina

Filmes para quem gostou de Stranger Things

Aproveitando que todo mundo está na onda Stranger Things, como cresci assistindo esse tipo de filme, resolvi preparar uma lista de filmes do final dos anos 70, anos 80 e começo dos anos 90 (também conhecida como a melhor época para se crescer em todos os tempos) que entregam a mesma experiência. Optei por deixar de … Continue lendo Filmes para quem gostou de Stranger Things

Lamestain: minha playlist obsessiva de rock alternativo dos anos 90

Gosto de categorizar playlists em três tipos: obsessivas, semi-obsessivas e fuck this shit. As obsessivas têm um propósito, as músicas selecionadas devem ser escutadas em uma ordem determinada, não no aleatório, elas contam uma história, têm altos, baixos, mudanças de humor e zonas de conforto e de desconforto. Uma playlist obsessiva não tem o objetivo … Continue lendo Lamestain: minha playlist obsessiva de rock alternativo dos anos 90

Sobre o Pearl Jam ao vivo

A verdade é que o rock se perdeu em algum lugar no meio do caminho. Não existe mais honestidade na música, aquele lance de “vamos pegar nossas guitarras e botar pra foder” (não sei se isso algum dia realmente existiu, mas a sensação que se tem é que um dia foi assim e que hoje … Continue lendo Sobre o Pearl Jam ao vivo

Scream for me, Porto Alegre!

Minha história com o Iron Maiden vai longe. Tudo começou lá pelos idos de 1984, quando o meu primo Beto voltou a morar em Porto Alegre depois de ter passado uns anos morando em São Paulo. Um belo dia eu estava na casa dele e o irmão mais velho, o Marcelo, nos chamou, tinha umas … Continue lendo Scream for me, Porto Alegre!

Sobre 2001: uma odisseia no espaço

Devo confessar que demorei para gostar de 2001. Sempre o achei chato, dormia no meio, etc. Hoje, olhando para trás, acho que isso acontecia porque não me sentia “pronto” para enfrentar a experiência que é 2001: Uma Odisseia no Espaço. Quando completei 30 anos, resolvi dar uma chance a diversas coisas que não gostava, mas … Continue lendo Sobre 2001: uma odisseia no espaço