Usando monstros do AD&D no Old Dragon

Apesar de possuir uma forte influência das edições antigas do D&D, o Old Dragon possui uma mecânica bastante distinta daqueles jogos. Para aproveitar a imensa quantidade de monstros já lançados para o AD&D, segue um guia simples de conversão de estatísticas, que irá ampliar o leque de criaturas disponíveis para o mestre:

Bônus de ataque: diferentemente do Old Dragon, em que os monstros possuem uma progressão específica para cada um, no AD&D as progressões dos monstros são baseadas na quantidade de dados de vida que possuem. Com relação ao THAC0, que é a forma de ataque utilizada no AD&D 2E, e à tabela de ataque utilizada no AD&D 1E, a progressão do ataque de uma criatura com base na quantidade de dados de vida que possui, podemos estabelecer a seguinte conversão, agora considerando não o THAC0, mas sim a base de ataque do monstro, com base na quantidade de dados de vida que possui. É claro que discrepâncias ocorrerão, como em toda adaptação. Ainda mais comparando o Old Dragon com o AD&D, onde o primeiro possui um ataque específico para cada criatura e o segundo possui uma progressão de ataque com base na quantidade de dados de vida que a criatura possui.

DV____BA
<1____+0
1_____+1
2_____+2
3_____+3
4_____+3
5_____+5
6_____+5
7_____+7
8_____+7
8_____+7
9_____+9
10____+9
11____+11
12____+11
13____+13
14____+13
15____+14
>16___+14

Dano por ataque: a conversão do dano causado no AD&D para o Old Dragon é bastante simples. O AD&D apresenta a abrangência de pontos de dano causados (por exemplo 3-18). Isso significa que a criatura causa no mínimo 3 pontos de dano em um ataque e no máximo 18. Para conversão para o Old Dragon, basta substituir, nesse caso, o 3-18 por 3d6, pois também causa dano que varia entre 3 e 18.

Classe de armadura: já a classe de armadura é muito mais simples de se converter: basta subtrair 19 do valor da classe de armadura do AD&D que se chegará ao valor da classe de armadura do Old Dragon. No caso de uma criatura com classe de armadura negativa, ao invés de se subtrair de 19, o valor negativo será somado ao 19.

Jogada de proteção: no AD&D (e no BD&D, no caso), as jogadas de proteção são bastante diferentes das realizadas no Old Dragon. Primeiro de tudo, muitas vezes os valores das jogadas de proteção sequer são referidos no monstro, apresentando apenas a indicação de uma classe de personagem e o nível correspondente. Assim, se a indicação da classe for guerreiro, ladrão, anão ou halfling, utiliza-se a progressão de jogadas de proteção da classe Ladrão no Old Dragon. Já caso a indicação de classe for elfo, clérigo ou mago, utiliza-se a progressão de jogadas de proteção da classe Clérigo no Old Dragon.
As jogadas de proteção propriamente ditas são divididas de forma diferente no Old Dragon e no AD&D. Enquanto no AD&D temos 5 jogadas de proteção, no Old Dragon temos apenas uma, que é subdividida em 3 (Destreza, Constituição e Sabedoria), dependendo do caso.

AD&D______________________________OLD DRAGON
Baforada de dragão_____________________Destreza
Paralisia, veneno______________________Constituição
Encantamento, ilusão___________________Sabedoria
Morte______________________________Sem modificador
Varinhas, cetros, cajados, magia____________Depende do objetivo do personagem*
* Se ele pretende esquivar da magia lançada, o modificador é o da Destreza. Se pretende resistir à magia lançada, o modificador é o da Constituição. Se pretende desacreditar a magia lançada, o modificador é o da Sabedoria.

Moral: no AD&D, a moral do monstro é escalonada de 1-20, enquanto no Old Dragon a moral vai de 2-12. Para conversão, siga a tabela a seguir.

AD&D (1d20)______Old Dragon (2d6)
2________________2
3________________3
4-5_______________4
6-7_______________5
8-9_______________6
10-11______________7
12-13_____________8
14-15_____________9
16-17_____________10
18-19_____________11
20_______________12

Premiações: a quantidade de XP concedidos no AD&D pode ser utilizada tranquilamente no Old Dragon sem qualquer tipo de adaptação.

Tesouro: a forma como o tesouro é concedido no AD&D é consideravelmente diferente da forma como é concedida no Old Dragon. Como regra geral, uma criatura de até 1 D.V. concede 10% do XP em ouro. Uma criatura de 2-5 D.V. concede 15% do XP em ouro. Uma criatura de 6-10 D.V. concede 20% do XP em ouro. Uma criatura de 11-20 D.V. concede 25% do XP em ouro. Uma criatura acima de 20 D.V. concede 30% do XP em ouro. É claro que essa conversão acarretará discrepâncias comparando monstros no Old Dragon e no AD&D. Caso seja do interesse do mestre em reduzir essa discrepância, é possível alterar em 5% para mais ou para menos a quantidade de ouro concedida por D.V. Para prêmios em covil, considere sempre um acréscimo de 20% ao total concedido. Ainda, caso seja do interesse do mestre em, além do ouro concedido, entregar itens mágicos aos jogadores, existe 10% de chance, por D.V. da criatura, de que ela esteja de posse de um item mágico.

Movimentação e Tamanho: a movimentação e o tamanho dos monstros no AD&D podem ser utilizados no Old Dragon sem adaptação, a não ser no que diz respeito ao sistema métrico, pois o AD&D utiliza a medição em pés, enquanto o Old Dragon utiliza em metros.

Resistência à magia e Redução de dano: a resistência à magia e a redução de dano no AD&D podem ser utilizadas tranquilamente no Old Dragon sem qualquer tipo de adaptação.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s