Servos do caos

12 de Outubro de 2010 13:09

Então, um presentinho de dia das crianças pra vocês, para darmos um toque mais infantil ao nosso joguinho querido.

Apesar dos alinhamentos do Old Dragon não terem aquela relação distinta entre bem e mal (é normal existirem vilões ordeiros ou mocinhos caóticos), o caos tem uma relação intrínseca com elementos malignos, como é o caso dos clérigos caóticos (cultistas) e os magos caóticos (necromantes).

E eu acho que essa ligação deve ter reflexos no jogo, pra dar uma diferenciada e uma personalidade mais marcante a esses personagens.

Então segue uma lista de características e corrupções direcionadas a cultistas e necromantes apenas. Ao subir de nível, um personagem tem 20% de chance de adquirir uma característica e 20% de uma corrupção. Esses elementos só são adquiridos até o nível 10 e apenas nos níveis pares.

Características:

1. Língua de cobra: o personagem consegue falar a língua das cobras e comandá-las utilizando a voz.

2. Controlar os mortos-vivos: os mortos-vivos precisam passar em uma JP ou são obrigados a obedecer a um comando.

3. Forma animal: JP + CON para assumir a forma de um animal. Falha causa 1d6 pontos de dano.

4. Toque da corrupção: qualquer um que o personagem toque (seja amigo ou inimigo) recebe uma corrupção. JP + CON impede. Em consequência disso, o personagem também recebe uma corrupção, sem direito a uma JP.

5. Beijo da morte: qualquer criatura que o personagem beije nos lábios deverá fazer uma JP + CON ou morrer imediatamente.

Corrupções:

1. Olhos vermelhos.

2. Perde todos os pelos do corpo.

3. Perde o olfato.

4. Emite um odor de carne apodrecendo.

5. Seu toque apodrece comida e bebida. Não precisa mais comer ou beber.

6. Queimaduras na pele se exposto ao Sol.

7. Cegueira em um dos olhos.

8. Perda dos dentes e das unhas.

9. A pele se torna fria e viscosa.

10. Os olhos se tornam esbugalhados, sempre lacrimejando e com veias dilatadas.

11. A voz se torna seca e fraca, um pouco mais alta que um sussurro.

12. Envelhece 6d10 anos.

13. A pele da cabeça apodrece em 1d6 dias. O personagem não sofre dano, mas a sua cabeça será sempre a de um esqueleto.

14. Um olho surge na palma de sua mão.

15. As pernas se fundem, adquirindo uma aparência de verme.

16. A mandíbula se torna igual à de uma cobra. A boca abre o suficiente para engolir a cabeça de um humanóide.

17. A língua se torna bifurcada.

18. Adquire uma mordida venenosa.

19. Se torna um anfíbio, não podendo ficar fora d’água por mais de 1d6 horas. JP + CON para não morrer a cada hora subsequente.

20. A pele fica cheia de cicatrizes, como se coberta por queimaduras graves.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s