Post completo: Mind Flayer

3 de Dezembro de 2008 15:27

Este é o primeiro post da mais nova atração periódica do Vorpal: o Post completo. É claro que ele não terá a mesma periodicidade do querido Pôster motivacional da semana, o Post completo será mensal, sempre na primeira semana do mês.

Nessa série de posts eu vou aprofundar em um aspecto bem específico do jogo, seja uma raça, uma classe ou um monstro. Para o primeiro Post completo, escolhi um dos meus monstros favoritos de todo o jogo: com vocês, Mind Flayer ou, pelo nome verdadeiro, Illithid!

Características físicas: os Illithid possuem corpos basicamente humanóides, porém suas cabeças se assemelham às dos octópodes, possuindo quatro tentáculos ao redor de uma boca semelhante à de um sanguessuga e se alimenta basicamente de cérebros de criaturas sentientes. Um Illithid que consegue envolver a cabeça de uma criatura com seus quatro tentáculos pode extrair e devorar seu cérebro. Seus olhos são de um branco pálido e são capazes de enxergar perfeitamente tanto na luz quanto na escuridão. Sua audição é sensivelmente mais fraca que a de um humano normal; os Illithid têm dificuldade de distinguir entre diversos sons diferentes ao mesmo tempo. O seu tom de pele varia entre o roxo azulado e o verde acizentado e é coberta de muco, além de ser bastante sensível à luz solar. A luz solar não chega a ferí-los, mas eles odeiam o sol.

O poder mais temível do Illithid é o Mind Blast, com o qual o Illithid desfere uma onda de choque psiônica para incapacitar criaturas por um tempo determinado. Os Illithid possuem outros poderes psiônicos, como telepatia e a capacidade de dominar e escravizar a mente de criaturas.

Biologia: os Illithid são criaturas hermafroditas, e cada um expele uma massa de larvas duas vezes em seu ciclo de vida. As larvas se assemelham à cabeça de um Illithid, sendo um pequeno crânio com quatro tentáculos. Após expelidas, as larvas são levadas até o Elder Brain para que possam se desenvolver. As larvas que sobreviverem por 10 anos são colocadas no cérebro de uma criatura sentiente, geralmente de aspecto humanóide. Depois de implantada, a larva devora o cérebro do hospedeiro, absorvendo a sua forma física por inteiro e se tornando um Illithid desenvolvido. Esse processo é chamado ceremorfose.

Depois de completada a ceremorfose, o Illithid às vezes desenvolve aspectos e maneirismos semelhantes aos do hospedeiro. Quando isso ocorre, é normal que o Illithid mantenha isso em segredo pois, se descoberto pelos outros Illithid, a sua morte é dada como certa. Isso ocorre devido a uma lenda entre os Illithid conhecida como “O Adversário”. Diz a lenda que com a ceromorfose a larva absorve todas as memórias e a personalidade do hospedeiro e, nesse caso, “O Adversário” seria a mente e a alma do hospedeiro, mas com as habilidades de um Illithid. Um tabú dentro da sociedade Illithid é o chamado Neothelid. Quando uma comunidade Illithid é atacada e forçada a fugir, as larvas ficam sem o cuidado do Elder Brain. Privadas de alimentação, as larvas começam a devorar umas às outras, até que prevaleça apenas uma, a chamada Neothelid, que sai em busca de alimento. Caso venha a se alimentar de uma criatura sentiente, ela despertará suas habilidades psiônicas normalmente, mas manterá suas memórias do tempo de selvageria e canibalismo.

História: a origem dos Illithid é envolta em mistérios e em teorias muitas vezes contraditórias. Há quem diga que os Illithid vêm de um futuro distante. À beira da extinção nas mãos de um inimigo desconhecido, eles sacrificaram um grande número de Elder Brains para gerar uma fenda temporal para transportar os sobreviventes para eras no passado, chegando 2.000 anos antes do “presente”.

Outros dizem que os Illithid vêm do Far Realm, um plano além da compreensão e completamente alienígena em relação ao resto do multiverso. Essa teoria acredita que os Illithid surgiram de algum lugar e de algum momento muitos e muitos anos antes da existência de muitas raças mortais e se espalharam por todos os planetas que compõem o multiverso.

Uma terceira corrente prega que os Illithid são descendentes de uma raça humana renegada que governou o hoje destruído planeta Astromundi. Com o passar dos séculos, esses humanos se lançaram ao subterrâneo e lá começaram a sua lenta evolução até chegarem na aparência que hoje possuem os Illithid.

Independentemente de como os Illithid surgiram, ao chegarem no Plano Material em um passado distante, imediatamente construíram um vasto império e a escravizar muitas criaturas sentientes. Essa empreitada foi muito bem sucedida e o império Illithid foi o maior que o multiverso já viu. Eles possuíam o poder – tanto psíquico quanto braçal – para construir mundos artificiais. Um desses mundos é a capital do império, Penumbra, um planeta em forma de disco ao redor de uma estrela.  Seu poder era tamanho que os demônios e diabos consideraram uma trégua na infinita Blood War para poder lidar com essa ameaça.

Com o passar do tempo, a principal raça escrava dos Illithid desenvolveu uma resistência aos poderes mentais de seus senhores e se rebelaram. Liderados pelo guerreiro Gith, a rebelião se espalhou por todas as partes do império que, não resistindo, caiu. A raça Illithid chegou à beira da destruição. Mas, para a sua sorte, Gith foi traído por seu general, Zerthimon, o que causou uma grande divisão entre os rebeldes, formando os githyanki e os githzerai. Essa divisão deu a oportunidade para que os Illithid recuassem para o subterrâneo, onde habitam até hoje.

Atividades: os Illithid se dedicam profundamente a pesquisas e experimentos, reunindo conhecimentos para que possam não só reconquistar o multiverso, mas mantê-lo sob seu poder. Com freqüência os Illithid interferem nos assuntos de outras raças através de sutis manipulações mentais sobre figuras-chave, não para criar o caos, mas para compreender a natureza da civilização. Muitas vezes os Illithid sondam as mentes de habitantes da superfície para aprender sobre a evolução da magia e da tecnologia.

Sociedade: a sociedade Illithid é governada por uma criatura chamada Elder Brain, que vive no centro da cidade em uma piscina de fluidos cerebrais, no centro das cidades. Quando um Illithid morre, seu cérebro é removido e levado para a piscina. Quando o cérebro é colocado na piscina, as memórias e o conhecimento do Illithid morto são incorporados ao Elder Brain e compartilhado com a coletividade.

Religião: os Illithid reverenciam uma divindade perversa chamada Ilsensine e em tempos antigos reverenciavam uma segunda, Maanzecorian.

Relação com outras raças: os Illithid buscam reconstruir seu império onde todas as outras raças eram escravizadas, então eles vêem todas as outras criaturas sentientes ou como força braçal escrava ou como alimento. Entretanto são pragmáticos e possuem relações com outras raças, como os drow e os duergar, que são fortes demais para serem subjugados. Eles também negociam com os Neogi, especialmente envolvendo escravos.

Seus principais inimigos são os githyanki e os githzerai, descendentes dos escravos que se rebelaram e destruíram seu império milênios atrás. Caçar e destruir Illithid faz parte de sua cultura.

Os Illithid temem os mortos-vivos por serem imunes à detecção e controle telepático e não possuem cérebros vivos para serem consumidos.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s