Post completo: dragão vermelho

10 de Março de 2010 21:45

Dizem os sábios que dragões vermelhos não têm uma ecologia, mas sim uma desolação, tamanha a destruição e tirania que esses vermes causam ao local em que habitam. Os poucos que sobreviveram a enfrentamentos com essas terríveis criaturas dizem que não há nada no mundo pior do que enfrentar um dragão vermelho fêmea pois, diferente de um dragão vermelho macho, não tendem a barganhar ou se render frente a um oponente superior: lutam até a morte com uma ferocidade que estremece a maior das montanhas.

Um dragão fêmea tem hábitos bastante diferentes dos de um macho. As fêmeas preferem entrar em combate diretamente, especialmente contra fêmeas de sua espécie. Elas são mais territorialistas que os machos e ainda mais intolerantes em relação a outras criaturas. Um dragão macho pode aceitar um suborno para deixar os invasores saírem vivos do seu covil. Uma fêmea também aceita o suborno, porém devora os invasores mesmo assim. Muitas vezes, após as crias deixarem o ninho, a dragão fêmea enlouquece e mata o parceiro, devorando-o, assim como devora quaisquer cria que retorne ao ninho.

Mas pensar que dragões vermelhos machos são fracos é um equívoco que ninguém sobreviveu para se arrepender. A ganância leva o macho a tomar qualquer empreitada, pois o acúmulo de riquezas é um símbolo de poder e de status entre outros dragões vermelhos. Essa obsessão levou muitos dragões vermelhos à ruína, pois ficam cegos frente à possibilidade de acumular mais riquezas. Os outros grandes amores de um dragão vermelho macho são, na ordem, comer e dormir.

Os dragões, especialmente os mais velhos, costumam dormir por longos períodos de tempo, podendo chegar a centenas de dias. Seu sono é profundo e seus sonhos levam suas mentes a vidas passadas, séculos antes de ter quebrado a casca do ovo no qual nasceu. Devido a esses sonhos, o dragão vermelho, quando acorda, se sente desorientado, sem saber ao certo onde – ou quando – está. A única coisa em sua cabeça, logo que acorda, é a fome, para o desespero de todos que moram nos arredores de seu covil.

Um dragão vermelho prefere um covil próximo de lugares quentes, como em uma caverna próxima de um vulcão. Dentre seus hábitos estão a crueldade com as criaturas que devora, o hábito de enterrar seus dejetos e o ódio pela água.

O principal ponto fraco de um dragão vermelho são os olhos, pois um dragão cego é um dragão que está à mercê de outras criaturas, e isso é um motivo de vergonha que todos evitam. Um acerto certeiro e profundo em um dos olhos faz com que o dragão recue. Entretanto, se o acerto não for certeiro ou profundo o suficiente, a ira da criatura será despertada e ele irá destruir tudo ao seu redor com sua baforada de fogo. Isso revela um traço dos dragões vermelhos: o medo da morte. Essencialmente, os dragões vermelhos, especialmente os machos, têm muito medo de morrer, fazendo com que recuem ou barganhem quando percebem que estão próximos da morte. Essa covardia é difícil de ser trazida à tona, pois, mesmo sendo um covarde, um dragão vermelho é um covarde muito poderoso.

Entretanto a possibilidade do dragão causar medo é muito maior que a possibilidade de um dragão sentir medo. A sensação de terror puro ronda o dragão vermelho e muitos dos que contemplam essa majestosa criatura em toda a sua glória terrível são aplacados pelo terror e fogem em pânico. A magia é inerente de muitos dragões, que aprendem a lançar feitiços arcanos tão poderosos quanto magos de considerável poder.

No entanto, não é nem o terror, nem a magia e nem a baforada a principal arma de um dragão vermelho, mas sim a sua astúcia, pura e simplesmente. O covil de um dragão é repleto de armadilhas e outros perigos que ameaçam a vida daqueles tolos o suficiente para tentar invadi-lo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s