Armas de haste

A infantaria medieval utilizava as mais diversas armas, sendo que muitas delas eram simples e baratas de se manufaturar e, dentre essas, muitas possuíam longas hastes que tinham dois propósitos básicos:

– Dar potência suficiente ao golpe para trespassar uma armadura;

– Manter afastados inimigos com montarias e, se possível, causar-lhes algum dano.

As armas de haste evoluíram a partir da lança que rapidamente se popularizaram não apenas dentro da infantaria, mas também entre moradores de vilarejos e pequenas cidades.

pole_arms

As armas de haste mais comuns eram:

A voulge foi uma das primeiras armas de haste. Ela combinava uma pequena lâmina de corte com um peso considerável com uma projeção semelhante à de uma lança para ataques perfurantes. A lâmina, quando brandida com força relativa em sua haste, era capaz de rachar até mesmo armaduras pesadas de placas. Comprimento: 2,5 metros. Dano: 1d10.

A bardiche era semelhante à voulge, mas a lâmina era mais longa e mais pesada. Ela não possuía a opção de ataque perfurante, mas muitas vezes ela vinha com um martelo de tachas na outra extremidade da haste. Devido ao seu peso e comprimento, a bardiche era muito eficiente contra inimigos com armaduras de qualidade inferior, pois a arma era bastante difícil de ser manuseada, demandando muita força de quem a manuseava. Comprimento: 1,5 metros. Dano: 1d12 (corte). Força mínima para manuseio: 14.

A guisarme em sua forma básica também não possuía capacidade perfuratória, mas conforme evoluiu, recebeu não só uma ponta perfurante mas também uma forma de gancho, de modo que pudesse puxar e derrubar inimigos montados. Comprimento: 2,5 metros. Dano: 2d4 (corte), crítico x3. +2 na jogada para derrubar inimigo montado.

A glaive era basicamente uma espada de uma lâmina só, em uma haste. O peso relativamente alto da lâmina dava à glaive uma capacidade alta de corte, mas ela foi criada basicamente para ataques perfurantes, muito útil em manter distantes inimigos montados. Comprimento: 2,5 metros. Dano: 1d10, crítico x3.

A fauchard é uma forma mais primitiva da glaive, e suas origens remontam aos vilarejos da Idade Média, pois a arma é basicamente uma foice em uma haste. Comprimento: 2,5 metros. Dano: 1d8. +2 na jogada para derrubar inimigos montados.

A guisarme-voulge combinava as duas principais características das duas armas: possuía a ponta perfurante e o gancho da guisarme e a lâmina cortante da voulge. Comprimento: 2,5 metros. Dano: 1d10. +2 na jogada para derrubar inimigos montados.

A glaive-guisarme era outra arma combinada. Misturava a lâmina de espada da glaive, mais alargada, e a essa lâmina era adicionado o gancho. Comprimento: 2,5 metros. Dano: 1d8, crítico x3. +2 na jogada para derrubar inimigos montados.

A bill-guisarme era a terceira arma combinada, bastante semelhante com as anteriores. Suas principais características eram a ponta e a lâmina afiada e côncava (ou, às vezes, vertical), enquanto as demais tinham a lâmina na parte convexa. Comprimento: 2,5 metros. Dano: 1d8, crítico 19-20 x2. +2 na jogada para derrubar inimigos montados.

A partisan era uma combinação entre a lança e o machado, como fica demonstrado com as pequenas axas ao lado da ponta da lança. Usando a partisan, o guerreiro poderia atacar lateralmente ou como arma perfurante. Comprimento: 3 metros. Dano: 2d6, crítico x3.

A spetum é semelhante à partisan, com a ponta de lança mais afinada e prolongada e as axas transformadas em pontas de lança menores, buscando atingir o alvo que, de alguma forma, consegue esquivar a ponta principal. Comprimento: 3 metros. Dano: 1d8, crítico 19-20 x2.

A ranseur é outra variação da partisan, com uma ponta de lança central mais alargada e as pontas secundárias abertas de forma a atingir as armas dos inimigos e, devido à sua forma de gancho, derrubar inimigos montados. Dano: 2d4. +2 na jogada para derrubar inimigos montados.

A lucern hammer era muito semelhante à halberd, com uma lâmina de um lado, um gancho do outro e, no meio, uma ponta perfurante. Entretanto, a lâmina, diferente da halberd, possuía uma cabeça semelhante à de um martelo, com três pontas para perfurar armadura. Comprimento: 1,5 metros. Dano: 2d6, crítico x3. +2 na jogada para derrubar inimigos montados.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s