Tome of Horrors

No post de hoje, vou contar uma historinha para vocês. Era uma vez um jogo chamado Advanced Dungeons & Dragons. O inventor desse jogo era um cara muito carismático chamado Gary Gygax, que tinha uma imaginação muito fértil e não tinha medo de ser feliz, por assim dizer.

O AD&D, apelido carinhoso dado ao jogo, era sobre heróis que enfrentavam todo tipo de monstro: orcs, dragões, demônios, mortos vivos, etc. Não preciso dizer que esse jogo gerou muita controvérsia, especialmente na parte dos demônios, mortos vivos e, mais do que todos, na parte do etc.

As pessoas que achavam que esse jogo era prejudicial à formação cristã de seus filhinhos fizeram muito barulho na época, pedindo o fim do jogo, exorcismo do Gary Gygax e a volta de Jesus H. Cristo. Só que o velho Gary (que na época nem era tão velho assim) não deu bola para essas pessoas revoltadas e tocava o jogo da forma como achava melhor: colocando muitos monstros horríveis para serem enfrentados pelos jogadores.

Só que o pessoal da empresa do Gary não concordava muito com isso, achava que o jogo deveria agradar essas pessoas. Então o que eles fizeram: mandaram o Gary embora e lançaram uma nova versão do jogo, mais light e mais indicado para os filhinhos sensíveis dessas pessoas. Muitos dos monstros horríveis caíram fora do jogo, os demônios deixaram de se chamar demônios e por aí vai.

E o jogo andou bem, veio a terceira edição, mais corajosa, trazendo de volta os demônios e outros monstros mais contra-indicado para os filhinhos sensíveis.

Mas muitos monstros legais acabaram caindo no esquecimento nos longos anos que a segunda edição do AD&D existiu.

Então, uma empresa cujo nome provavelmente não agradaria às mamães dos filhinhos sensíveis (Necromancer Games) lançou um livro cujo nome também não agradaria às mamães dos filhinhos sensíveis (Tome of Horrors) trazendo de volta todos esses monstros terríveis que caíram no esquecimento durante a segunda edição. O próprio lema da Necromancer Games é “Regras da terceira edição, clima da primeira edição”. Uma coisa muito legal do livro é que, depois de cada monstro vem a indicação de qual livro ele pertencia anteriormente.

Tome of Horrors é um livro de monstros indispensável para quem quer passar um clima mais old school para suas sessões de D&D. E, para os jogadores da 4E, uma boa notícia: a Necromancer Games já confirmou que lançará, ainda em 2009, o Tome of Horrors atualizado!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s